Usuário (email cadastrado)
Senha (do seu cadastro)
 
 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Nova Logomarca do Coração Blue anuncia novos eventos
Sexta, 02 de setembro de 2016 às 16h04
Estamos de volta, mais uma vez em parceira com a M1 Eventos trazendo novos eventos para Ma... leia mais.

Sorteados do Reveillon Viva La vida
Sábado, 27 de dezembro de 2014 às 15h15
REVEILLON VIVA LA VIDA LISTA DE 10 SORTEADOS DO SITE DO CORAÇÃO BLUE AREA VIP 1. Kleyda... leia mais.

Hoje tem Jackfree Carioca!
Sábado, 29 de novembro de 2014 às 13h05
É HOJE! É HOJE! É HOJE! COMPARTILHE COM OS AMIGOS!   JackFree Carioca (Samba e Funk) 2... leia mais.

CORAÇÃO BLUE

Em 18 de janeiro de 1994 eu abri o Coração Blue, com um investimento inicial de R$ 6.000,00, freezers usados do classificados, louças e utensilios comprados na MESBLA. Um DVD player de magazine de 6 discos Pioneer e 30 Cds, 13 mesas fixas de ferro e tampo de granito com cadeiras plasticas, duas caixas de som marantz domesticas empurradas por um amplificador, tambem doméstico da JVC.

O local escolhido foi o shopping do posto Shell ao lado da Sefaz. As leis eram menos duras naquele tempo.

Nesse lugar mágico onde tudo começou, conheci pessoas maravilhosas que se tornaram grandes amigos meus e uns dos outros, viramos uma grande familia, meu primeiro cliente foi o Thomas Edison Staudinger, esposo da Cacilda Barata, Pai do Rodrigo e do Renato que me adotaram de cara. Nesta época conheci Jefferson Rebelo, Sergio Garcez, Cleiva Coelho, Anibal Bessa, Maria Thereza e Ana Maria Guerreiro, Celio Said, Thome Osório, Junior Bahia, Tiribu, Banana, Cezito, Ana Claudia (juke Box), Lucio Lourinho, Regis Gontijo, o palhaço maravilhoso Sergio Bustamante Bicudo, Rogerio Pina, Jacira Oliveira, Macalé ... caracas ... é muita gente bacana pra eu falar, Lenize Colares Ipiranga, Liliane Maia .. tinha a turma maravilhosa que chamavamos de familia Vanuza, Sandrinho Batmirim, Virginia, ALine, Aldrey, tinha também a turma da H Stern comanda pela Claudinha (que me apresentou e me ensinou a baber Jack Daniels, por isso a madrinha do Coração Blue).

Conheci também nesta epoca a Robertinha e a Aninha da Oana Publicidade e junto com elas a Liduina Mendes, criadora da nossa logo e de todos os nosso slogans bem como de varias campanhas que fizemos durante anos.

Tem muito mais pra falar ...muita gente que AINDA NAO CITEI !!!

 


O certo é que o bar era realmente magico, ouvia-se exclusivamente música de muito boa qualidade, metade da programação era Jazz e outra metade dividida entre Blues, Rock Classico e MPB e por isso, so tinhamos pessoas sensiveis, inteligentes e de bom gosto ... bom demais o nosso lugar.

O primeiro Slogan: "Coração Blue - Para quem tem sangue nobre e coração boêmio"

A Copa de 1994 foi o estopim pra tudo que veio de bom em seguida, a nossa torcida que crescia a cada jogo, a familia Coração Blue que aumentava, as pessoas ficavam cada vez mais amigas, o Serginho e o Alma queriam ser meus cunhados .. (hehehe),e o BRASIL FOI CAMPEÃO.

O Coração Blue herdou muitos clientes quando fechou o Bar Consciente, que funcionava na Joaquim Nabuco. O Consciente era do Ze Luiz, era o meu bar e eu estava la desde a inauguração em 18 de abril de 1985. Durante anos o Zé fez a Banda do Consciente no dia 31 de dezembro e foi então, por livre pressão da galera, que fizemos a 1a Banda do Theo, no mesmo dia em que sairia a banda do Consciente, 31 de dezembro de 1994 ... vou explicar, o bar não tinha placa e ninguem ainda conhecia com Coração Blue e sim como Bar do Theo e por isso a banda teve esse nome.


Em junho de 1995, os proprietários do Posto, alegando problemas com a Shell pediram o ponto, Coração Blue, já era um sucesso. Ja tinhamos 70 mesas e mais de 1000 cds no nosso acervo, vendiamos meia tonelada ao mês de Picanha ao Alho e Laranja, quem lembra?

Fomos então pra Ponta Negra, a convite do Regis Gontijo, guitarrista da Blues na Floresta e proprietário de um imovel na estrada da Jonasa.

Inauguramos no dia do aniversário do meu querido Anibal Bessa com uma exposicao do Nibito ... 13 de setembro de 1995 e ainda não tinhamos musica ao vivo. Lembro não ter feito mídia alguma e ainda assim ter recebido mais de 1000 pessoas no Bar que contava com 120 mesas, cobertas com toalhas azuis e cobre manchas brancos com a logomarca da Brahma, nossa patrocinadora. Lembro de muitos amigos me cumprimentando pela linda obra construida pelos meus queridos Carlos Augusto e Carmem Refskalefisk com a participação mega especial da minha querida Natacha, com jardins iluminados, preparados pelo Jorge Kennedy Pereira Campos, as cores, texturas e figuras projetadas pelo Jefferson Rebello (grande amigo), um talude gramado, area de seixo e todo ao ar livre, exceto a área de exposicao.

Fomos o primeiro bar da cidade a usar o sistema de Telão, projetor de alta resolução em tela de 4 metros com os discos em LCD. O Pulse do Pink Floyd era o melhor video daquela época, mas também exibiamos Michael Jakson, Madona, Genesis, The Police, U2, Bob Marley e muitos outros

O Novo Slogan "A noite tem razões que só o Coração conhece"

Ainda em 1995 fomos obrigados a ter música ao vivo, o bar ficou muito grande, começamos então a fazer MPB as sextas e sábados com Renatinho, Sergio Albuquerque, Careca, Ricardo Peixoto e aos domingos tinhamos Jazz ao vivo com a Blues na Floresta e depois com a maravilhosa Veneno da Madrugada.

Em 1996, por ideia do arquiteto Keke, fizemos a Noite dos Arianos, onde comemoramos o meu aniversário, o do Keke e o da Valéria, convidamos o Dj Cezar Dantas, que era da Boate do Tropical e numa noite de quarta-feira, fizemos a primeira festa com boate em um bar de Manaus, no meio da semana. A festa lotou de bacanas e princesas e foi a primeira participação da Ellus, representada pelo meu querido Luiz Alberto, com patrocinadora do Coraçao Blue.

Logo no mês seguinte, o Junior Vicente, ou melhor, a Junia, organizou a NOITE DOS TAURINOS em comemoração ao seu aniversário e então passamos a fazer uma festa por mes, sempre na terceira quarta do mes, exatamente quando muda o signo e batizamos de "A FESTA DOS SIGNOS", nessa noite os aniversariantes do signo da vez além de não pagar ingresso, ainda podiam levar um acompanhante e beber de graça de 21h as 23h e desde então tivemos sempre a participação da ELLUS em todos os nossos eventos.

Ainda em 1996 inaugurou o El Moskiton e lá eu conheci as Bandas Juke Box e Reggae Flame e logo convidei para tocarem no Coração, construimos então um palco e batizamos de "Juke Palco"

Copyright © 2010 - Coração Blue - Powered by Manaus.NET